IPV - Instituto de Pastoral Vocacional



Busca



Loja Vocacional


Chamados pelo nome
Xavier Pikaza


Projeto Emaús
Dom Eurico dos Santos Veloso




Bíblia: a grande companheira
Patrizio Rota Scalabrini


Pedi ao Dono da messe que mande operários
IPV



mais produtos


Recados

"Olá, muito bom poder contar com este espaço interativo; que nos ajuda sempre buscar reinventar novas maneiras de fazer conhecer e amar Jesus. Parabéns! Ir. Antonia - canossiana."


Ir. Maria Antonia





Artigos

 
  
 

A urgência do cuidado pela cultura vocacional

26.05.2014


 

Iluminados pelo tema: “Ide e anunciai! Vocações diversas para uma grande missão!”, quase mil animadores e animadoras vocacionais participaram do Simpósio Vocacional do Brasil, de 16 a 18 de maio de 2014. O evento, organizado pela Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CMOVC-CNBB) e pelo Instituto de Pastoral Vocacional (IPV), foi inédito na dinâmica de realização simultânea em cinco cidades do País. O objetivo foi promover a cultura vocacional na Igreja e na sociedade e avançar no discipulado missionário. Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Manaus (AM), Natal (RN) e Vargem Grande Paulista (SP) reuniram cristãos leigos e leigas, pessoas de vida consagrada e ministros ordenados das cinco macrorregiões pastorais do Brasil: Região Centro-Oeste (Regionais CO, N3, O1 e O2); Região Leste (L1 e L2); Região Nordeste (NE1, NE2, NE3, NE4 e NE5); Região Norte (N1, N2 e NO); Região Sul (S1, S2, S3 e S4). Recordou-se os 50 anos do Concílio Vaticano II (1962-1965), os 50 anos da instituição do Dia Mundial de Oração pelas Vocações (1964) e os eventos vocacionais de nosso continente e País (congressos e anos vocacionais). Houve, também, partilha da riqueza de experiências e iniciativas realizadas em nossas comunidades, paróquias, dioceses e regionais.

 

Vocações diversas...

O Simpósio Vocacional aprofundou a importância da diversidade a serviço da unidade. Em uma Igreja toda ministerial é essencial o exercício da autoridade para a alteridade, como Jesus nos ensina no lava-pés. Animação Vocacional é um serviço de Igreja, requer atitude de humildade, de docilidade discipular, de permanente conversão pastoral e formação permanente. Enquanto animadores e animadoras vocacionais, em nossa forma de expressão e ação, necessitamos manifestar explicitamente o valor de todos os carismas, serviços e ministérios suscitados pelo Espírito e presentes na Igreja.

 

...para uma grande missão!

Durante o evento, com as assessorias, os trabalhos de grupos e as partilhas, foram sendo delineados alguns compromissos para serem levados às bases, pois os animadores presentes no Simpósio Vocacional eram representantes de equipes ou comunidades, dioceses ou regionais. Ao menos em duas Regiões, Leste e Sul, foram elaboradas “cartas mensagens”. A urgência é, certamente, o cuidado, o zelo, a atenção à cultura vocacional e o fortalecimento da cultura do encontro, pro-vocados pelo papa Francisco em sua alegria de anunciar o evangelho. Eis algumas outras indicações que servirão também para a nossa comunidade e os nossos planos vocacionais:

  1. fazer com que nas agendas pastorais dos organismos e setores eclesiais – paroquiais, diocesanos e regionais – dentre as prioridades esteja a animação vocacional com o respectivo apoio integral dado às Equipes Vocacionais Paroquiais (EVPs);

  2. investir na formação vocacional de todos, com atenção especial aos membros da equipe de PV/SAV, utilizando-se de estratégias criativas, tais como a realização de simpósios vocacionais anuais, em âmbito paroquial e diocesano, envolvendo as pastorais e os organismos do povo de Deus (catequese, juventudes, família, novas comunidades, movimentos eclesiais, institutos seculares, religiosos e religiosas - CRB local – e outros);

  3. que haja uma catequese mistagógica em todos os níveis e idades, com atenção especial ao acompanhamento de adolescentes e jovens, motivados por um itinerário vocacional, na construção do próprio projeto de vida;

  4. fomentar a oração pelas vocações em todos os espaços de Igreja, cientes de que toda a Palavra de Deus é vocacional (Lectio divina – Leitura Orante da Bíblia; Círculos bíblicos; Celebrações Litúrgicas e da Palavra, Romarias, Tríduos, Hora Eucarística, Oração do Terço, Caminhadas e Pedaladas Vocacionais...);

  5. dar ênfase missionária e intercongregacional à ação vocacional, sendo presença nas fronteiras geográficas e humanas, com linguagem apropriada, também nos espaços midiáticos.


Ide e Anunciai!

Da mesma forma como Jesus confiou a seus discípulos a continuidade de sua missão, apesar das limitações humanas, “incredulidade e dureza de coração” (Mc 16,14), nós somos hoje os continuadores da sua missão, apesar de nossas limitações e inseguranças. Que possamos, com o auxílio de Nossa Mãe, Maria de Nazaré, e de Santo Aníbal Maria Di Francia, apóstolo da oração pelas vocações, responder à proposta do mestre ressuscitado: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura!” (Mc 16,15).




jad