IPV - Instituto de Pastoral Vocacional



Busca



Loja Vocacional


Chamados pelo nome
Xavier Pikaza


Projeto Emaús
Dom Eurico dos Santos Veloso




Bíblia: a grande companheira
Patrizio Rota Scalabrini


Pedi ao Dono da messe que mande operários
IPV



mais produtos


Recados

"Olá, muito bom poder contar com este espaço interativo; que nos ajuda sempre buscar reinventar novas maneiras de fazer conhecer e amar Jesus. Parabéns! Ir. Antonia - canossiana."


Ir. Maria Antonia





Artigos

 
  
 

Animando animadores, animando vocações

28.01.2015

Se quiséssemos resumir a experiência vivida durante a ESPAV 2015 creio que não poderíamos encontrar palavras mais justas do que estas: animando animadores, animando vocações. E de fato não deixa de ser este o objetivo do curso, dar um novo ânimo para a animação vocacional. 
No decorrer destes dias muitos temas foram tratados, a começar pela antropologia da vocação. É importante perceber que todos nós somos vocacionados e o que nos falta é discernir a qual vocação devemos responder. A partir do momento que se entenda a simplicidade da vocação se entende também a complexidade do trabalho vocacional: não estamos a procura de padres e freiras, mas queremos despertar a vocação de cada um no seu lugar específico, seja leiga, religiosa, presbiteral ou matrimonial. 
É claro que o curso não nos proporciona somente o conteúdo necessário para uma boa animação vocacional, mas nos ajuda também por meio da troca de experiências entre pessoas que trabalham em prol das vocações nas mais diversas regiões e realidades do Brasil, assim, muito mais do que um certificado, ganhamos novos amigos e com estes uma rede de animadores vocacionais, que se torna possível e tangível a partir do momento que entendemos que buscamos vocações para a Igreja e não somente para as nossas congregações e dioceses. 
Por todos estes motivos agradeço ao IPV e aos meus superiores que me deram a oportunidade de me aprofundar neste serviço tão bonito e tão necessário à Igreja. E termino com uma exortação ouvida de uma amigo de longa data: para trabalhar na formação e na animação vocacional se faz necessário o conhecimento, o estudo, mas o principal deve ser amar as vocações. 




Frei Moisés M. de Oliveira Coelho, osm